quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Senf Goulasch / Goulasch com Mostarda



Ingredientes para 4 pessoas

900 carne de gado de sua preferência (pode ser coxão mole)
3 fatias de pão preto picadas em cubinhos
3 cebolas pequenas em cubos
1 pepino japonês em cubos
1 cebola piquê (cebola com dois cravos espetados)
5 colheres de mostarda de excelente qualidade (receita original Löwensenf)
1/2 colher de sopa de Kümmel
qb Flor de sal
Sal
Pimenta
Um pouco de salsa picada

Modo de preparo

Pique a carne em cubos pequenos e salgue (não muito, pois você vai acrescentar mais a flor de sal), adicione a pimenta e polvilhe o kümmel.

Coloque numa panela e acrescente água até que a carne esteja coberta.

Acrescente a cebola pique, quanto baste de Flor de Sal e as cebolas picadas.

Deixe cozinhar tampado em fogo médio. Um pouco antes de finalizar o cozimento da carne (isto vai depender do tipo de carne que você utilizou), acrescente o pepino e o pão preto. Retire a cebola pique.

Deixe levantar fervura novamente até que o molho fique bem cremoso. Acrescente então a mostarda e a salsinha picada.

Acompanhamento : Batatas sauté e salada mista ou pão Ciabatta

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Tarte mit gebackenem Gemüse / Tarte de Legumes Assados



Ingredientes para 4 Porções:

100 g manteiga fria + manteiga para untar a forma
100 g ricota magra
1 pitada de sal
350 g tomates cereja
2 dentes de alho
5 cebolas pequenas
1 vidro de alcachofra (peso: 220g)
3 colheres de sopa de azeite de oliva
Sal
pimenta
1 ramo de Alecrim
500 g ervilhas secas para pré-assar a massa
3 colheres de sopa de Ajvar (pasta de pimentões)
100 g requeijão cremoso
folhas de manjericão

Modo de Preparo:

1. Amasse ligeiramente a farinha com a manteiga, a ricota e uma pitada de sal. Abra a massa dentro de um plástico (abra um saco plástico, coloque a massa sobre uma metade do plástico e depois cubra com a outra metade). Forre com a massa a forma já untada e deixe na geladeira.

2. Pré-aqueça o forno a 225 graus. Lave os tomates e faça um corte em forma de cruz no lado oposto ao talo. Descasque o alho e corte em fatias finas. Descasque as cebolas e corte em 8 pedaços. Corte as alcachofras em 4 pedaços. Misture tudo com o azeite, sal e pimenta. Distribua sobre uma forma. Acrescente o alecrim. Asse os tomates no forno por aproximadamente 15 minutos, vire de vez em quando. Retire do forno e reduza a temperatura do forno para 200 graus.

3. Coloque papel manteiga sobre a massa enformada e sobre este papel coloque as ervilhas para fazer peso sobre a massa. Leve ao forno por 10 minutos. Retire o papel e as ervilhas (estas ervilhas podem ser reutilizadas para ajudar num próximo pré-assado). Deixe a massa assar por mais cinco minutos. Pincele o fundo da forma com o ajvar (*), e coloque os legumes (sem o alecrim). Distribua o requeijão cremoso sobre os legumes. Asse a tarte por mais 5 minutos, guarneça com as folhas de manjericão e sirva quente.

Por porção:
470 kcal/, 24 g carboidratos, 11 g proteínas, 37 g gordura

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Ofenkartoffeln mit Olivenquark – Batatas Assadas com Dip de Ricota e Azeitona




Ingredientes para 4 Porções:

4 batatas grandes (bem firmes)
Sal
Papel alumínio
2 pimentões amarelos
50 g tomates secos
100 g azeitonas verdes sem caroço
50 g raiz forte ralada (kren)
250 g ricota
Pimenta

Modo de Preparo:

1. Lave as batatas e leve ao fogo em água salgada e fervente por aproximadamente 30 minutos. Escorra. Aqueça o forno a 200 graus. (a batata não pode ficar mole demais)

2. Corte 4 pedaços de papel alumínio, de um tamanho que dê para enrolar cada batata. Embrulhe as batatas e leve ao forno por aproximadamente 20 minutos a 200 graus. (reduza o tempo de forno de acordo com a maciez das batatas)

3. Limpe e lave os pimentões e corte em cubos pequenos. Escorra bem os tomates secos e as azeitonas. Corte os tomates em cubos pequenos e as azeitonas em fatias finas. Misture a ricota com o kren, tempere com sal e pimenta a vontade. Acrescente o pimentão, tomate e as azeitonas. Abra as batatas e sirva com o dip de ricota temperado. Decore com ervas de sua preferência.

domingo, 20 de setembro de 2009

cuca de morango


INGREDIENTES

* 2 xícaras de chá de farinha de trigo
* 1 xícara de açúcar
* 2 colheres de sopa de fermento em pó
* 1 colher de chá de sal
* 2 colheres de chá de canela em pó
* 1 xícara de chá de leite
* 2 unidades de ovos
* 50 gramas de margarina sem sal derretida
* 3 xícaras de chá de morangos fatiados
* para a farofa a gosto
* 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
* 1/4 xícara de chá de açúcar
* 50 gramas de margarina sem sal gelada

PASSO A PASSO

1. Para fazer a farofa


peneire o açúcar e a farinha numa tigela, coloque a manteiga . Usando a ponta dos dedos, comece a amassar a manteiga até que ela fique como uma farofa. Continue amassando até incorporar toda a margarina. Deixe a farofa na geladeira até o momento de usá-la.

2. Pré-aqueça o forno a 180° C. Para o bolo peneire os ingredientes secos e reserve. Em uma tigela grande, bata o açucar e a manteiga até ficar uma mistura clara, acrescente o leite e os ovos e misture bem. Acrescente a farinha, a canela e o sal e bata até obter uma massa homogênea.

3. Em seguida acrescente a baunilha e o fermento e misture levemente. Coloque a massa em uma assadeira de 3ocm por 2ocm, untada, e espalhe os morangos fatiados por cima. Polvilhe a farofa sobre os morangos. Asse por aproximadamente 40 minutos.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Rhabarberkuchen mit Vanillecreme und Streusel / Bolo de Ruibarbo com Creme de Baunilha e Farofa




Ingredientes

Para a massa:

100 g manteiga
80 g açúcar
1 colher de café de açúcar de baunilha
2 ovos
75 g nata ácida
180 g farinha de trigo
1 colher de chá cheia de fermento

Para o Creme:

1 pacote de pó para pudim de baunilha
40 g açúcar
375 ml leite
125 g nata ácida

Para a cobertura:

6 pedaços de ruibarbo

Para a farofa:

200 g farinha de trigo
100 g açúcar
1 colher de café de açúcar de baunilha
150 g manteiga gelada
Canela a gosto
Açúcar de confeiteiro para peneirar sobre o bolo

Modo de Preparo:

Descasque o ruibarbo, corte em pedaços pequenos e adoce. Deixe apurar por meia hora. Depois disso coloque numa peneira e deixe escorrer bem.

Neste meio tempo, faça uma massa com os ingredientes informados e coloque numa forma untada (de 28 cm de diâmetro). Leve ao forno pré-aquecido a 180° e dê uma pré-assada por aproximadamente 15 minutos.



Para a farofa, misture a manteiga gelada à farinha, ao açúcar, baunilha e canela, formando uma farofa em bolinhas graúdas.

Leve o pó para pudim ao fogo com o açúcar e o leite, deixe levantar fervura, retire do fogo e deixe esfriar um pouco mexendo sempre.

Acrescente a nata e distribua sobre a massa já pré-assada. Sobre este pudim distribua os pedaços de ruibarbo e finalize com a farofa. Volte o bolo ao forno e deixe terminar de assar por mais 30 – 35 minutos no forno a 180° graus.

Deixe esfriar dentro da forma, e polvilhe o bolo com o açúcar de confeiteiro.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Pflaumen-Streusel–Kuchen / Bolo de Ameixas e Farofa



Ingredientes:

Massa:

125 g manteiga
2 colheres de sopa de leite
1 colher de café de açúcar de baunilha
1 colher de café de fermento químico
1 ovo
300 g farinha de trigo

Para a farofa:

65 g manteiga
65 g açúcar
125 g farinha de trigo
1 gema
Cascas raladas de 1 limão
1 colher de chá de açúcar de baunilha

Para a cobertura:

600 g ameixas
Um pouco de açúcar

Modo de Preparo:
Faça uma “Mürbeteig” (massa podre) da manteiga, leite, farinha de trigo, fermento, baunilha e ovo e deixe descansar enrolado em plástico filme por 30 minutos na geladeira.

Lave, retire as sementes e corte as ameixas em quarto partes.

Faça a farofa com a manteiga, o açúcar, a gema, as cascas de limão, o açúcar de baunilha e o trigo.

Desenrole a massa e forme uma forma untada e forrada com papel manteiga. Deixe uma beirada de aproximadamente 3 cm de altura em todos os lados. (quem gostar da massa mais fina pode diminuir os ingredientes pela metade)
Dispor os pedaços de ameixa sobre o fundo de forma que estejam bem juntos uns dos outros e pulverize primeiro com um pouco de açúcar e depois com a farofa.
O tempo total de forno é de aproximadamente 1 hora, a 180 graus.

O acompanhamento ideal é…. Nata batida





DICA: este bolo serve-se muito bem para congelar. Basta neste caso reduzir em 15 minutos o tempo de forno e quando for consumir simplesmente finalizar o processo.

Zwetschgen Datschi / Cuca Bávara de Ameixa



Ingredientes:

450 g farinha de trigo
1 colher de sopa rasa de fermento químico
150 g açúcar de confeiteiro
200 g margarina
1 ovo
5 colheres de sopa de leite
125 g nozes moídas
1,5 kg ameixas (dependendo do tamanho das Zwetschgen)
2 colheres de chá de canela
3 colheres de sopa de açúcar


Modo de Preparo:

Amasse a farinha de trigo com o fermento, o açúcar de confeiteiro, a margarina, o ovo e o leite (a quantidade informada é aproximada) até obter a consistência de Mürbeteig (tipo de “massa podre”) e deixe repousar na geladeira por aproximadamente 1/2 a 1 hora.

Após esse tempo, abra a massa sobre uma forma retangular já untada, e polvilhe com as nozes moídas.

Retire as sementes das ameixas e coloque sobre as nozes.

Leve a assar em forno pré-aquecido a 200°C por aproximadamente 40 Minutos.

Retire do forno e polvilhe a cuca ainda quente com açúcar e canela.

Este bolo fica mais saboroso no dia seguinte, as nozes estarão mais apuradas.

Zwetschgen-Kolatschen / Trouxinhas de Ameixa da Boêmia



IngredientesPara a massa:

550 g farinha de trigo
250 ml leite
100 g açúcar
25 g fermento fresco
2 gemas
1 ovo
1 colher de chá de casca de limão ralada
1 pitada de Sal
2 colheres de sopa de Rum
80 g manteiga

Para o recheio

150 g ricota
1 gema
10 g açúcar de confeiteiro
1 colher de chá de melhorador de farinha
1 colher de chá de casca de limão
12 colheres de sopa de geléia de ameixa

Além disso:

50 g farinha para trabalhar a massa
Açúcar de confeiteiro para polvilhar as trouxinhas prontas

Modo de Preparo:

1. Para a massa: aqueça um pouco o leite e dissolva nele o fermento. Coloque na bacia da batedeira o trigo, o leite com o fermento, as gemas, o ovo, a casca de limão, uma pitada de sal, o rum e a manteiga. Bata tudo com o gancho para pão, até obter uma massa homogênea. Deixe crescer por uma hora em local aquecido.


2. Misture a ricota com a gema, o açúcar de confeiteiro, o melhorador de farinha e a casca de limão. Tampa e deixe refrigerado até usar na seqüência.
3. Coloque a massa sobre uma superfície enfarinhada, amasse novamente e forme um rolo de aproximadamente 40 cm de comprimento e corte-o em 12 a 14 pedaços. Forme bolinhas de aproximadamente 10 cm de diâmetro e coloque sobre uma forma forrada com papel manteiga. Aperte o centro de cada bola de massa para formar uma borda grossa e fure o centro com um garfo. Coloque sobre cada trouxinha uma colher de sopa de doce de ameixa e uma colher de chá de massa de ricota. Deixe repousar por mais 10 minutos.

4. Asse em forno pré-aquecido a 190 graus por 15-20 minutos. Deixe esfriar um pouco e polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir ainda morno.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Flashes de Memória: Das Selbe ou dasselbe, não importa... Pizza em Alemão é Pizza Mesmo!

Esse causo foi vivido por dois ex colegas de Siemens, quando eles estavam passando um ano de informação na matriz alemã.

Um deles, menos familiarizado com a gastronomia alemã, já estava de saco cheio de tanto comer salsicha e decidiu que iria comer uma pizza no jantar.

Na verdade ele sempre acabava comendo salsicha novamente, porque não tinha lá um vocabulário muito vasto em alemão.

Pra garantir que ele fosse bem entendido pelo atendente do balcão ele foi pedir socorro ao amigo brasileiro, mas muito mais "safo" que ele e que dominava perfeitamente o idioma alemão.

Bem, ele perguntou ao amigo como era pizza em alemão e o "safo" respondeu: ora, dasselbe! O que ele quis dizer com dasselbe (o mesmo), era que pizza em alemão também é pizza, mas o outro entendeu que pizza em alemão era... dasselbe.

Não sei se foi sacanagem do safo ou não, mas o fato é que ele teve um ataque de riso quando o colega enjoado de salsicha voltou do balcão com... adivinha? salsicha! O cara na frente dele tinha pedido salsicha e como ele logo em seguida pediu dasselbe.. não deu outra!!

Grüner Sahne - Bohnen – Salat / Salada de Vagem com Nata



Ingredientes:

600 g vagem
100 ml nata
1,5 colher de sopa de vinagre de vinho branco
3 colheres de sopa de óleo de girassol
4 colheres de chá de açúcar
1 cebola pequena
2 ramos de salsa lisa

Modo de Preparo:

Lave e limpe as vagens e deixe cozinhar em água salgada fervente por no máximo dois minutos. Retire e coloque em água gelada para manter a cor e as propriedades.
Coloque numa tigela e misture com o vinagre, o óleo, o açúcar e a cebola picada em brunoise (cubos bem pequeninhos).

Bata a nata até que ela esteja começando a formar picos, pique a salsinha e junte tudo à vagem já temperada.

Deixe apurar por umas duas horas na geladeira antes de servir.

Combina muito bem com assados.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Pfannkuchenteig (Grundrezept, süß) – Receita Básica de Panqueca Doce


Ingredientes:

350 g farinha de trigo
80 g açúcar
1 pitada de sal
6 ovos
1/2 l leite
80 g manteiga ou margarina para a fritura

Modo de Preparo:

Misture a farinha, sal, açúcar e os ovos. Acrescente o leite aos poucos para não formar grumos. Deixe a massa descansando por aproximadamente 20 minutos.

Aqueça a manteiga na frigideira. Acrescente a massa em pequenas porções, de acordo com o tamanho de sua frigideira e vá assando até que as panquecas fiquem douradas dos dois lados.

Sirva com o complemento que mais lhe agradar: geléias, compotas de frutas, açúcar e canela etc...

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Hörnchen mit Kalbsbratwurst und Apfelkren / Croissants de Salsicha Branca (Vitela) com Dip de Raiz Forte e Maçãs


Ingredientes para 4 pessoas

400 g Massa folhada
280 g salsichas brancas

Para o dip:

8 EL nata ácida
QB sal
QB pimenta branca moída
4 colheres de chá de suco de limão
4 colheres de chá de suco de raiz forte ralada
60 g maçãs raladas

Modo de Preparo:

Pré-aqueça o forno a 190 graus e forre uma forma retangular com papel manteiga.

Abra a massa folhada e corte retângulos colocando sobre cada pedaço de massa uma metade de salsicha. Enrole a massa dando formato de croissant e coloque sobre a forma forrada.

Leve ao forno e asse por aproximadamente 7-12 minutos, até estarem crocantes e dourados.

Misture bem a nata com o suco de limão, a raiz forte e a maçã ralada, temperando com sal e pimenta.

Sirva os croissants ainda quentes com o dip de maçã e kren.

Omas Apfelmeerrettich - Maçã com Raiz Forte da Vovó



Ingredientes:

3 maçãs grandes
Meia raiz forte (ou quanto baste da raiz forte industrializada)
3 colheres de sopa de nata
3 colheres de sopa de vinho branco
QB (Quanto baste) Açúcar
QB Sal
QB Suco de limão

Modo de Preparo:

Rale as maçãs e a raiz forte e misture com a nata, o vinho branco e algumas gotas de limão.

Tempere com sal e açúcar conforme seu gosto. Leve ao refrigerador.

Entre outros, acompanha maravilhosamente bem assados de carne de porco.

Falscher Hase in Blätterteig / Bolo de Carne Moída na Massa Folhada



Ingredientes:

3 pedaços de massa folhada
2 ovos cozidos para o recheio
150 g alho-poró
1 colher de sopa de óleo
500 g carne moída
1 cebola
1 ovo para dar liga ao bolo de carne
3 colher de sopa farinha de rosca
Quanto baste de Pimenta, sal
Páprica picante
1 clara e 1 gema para colar e pincelar a massa folhada

Modo de Preparo:

Descongele a massa folhada, se for o caso, e coloque um pedaço sobre o outro. Sobre uma superfície enfarinhada, desenrole a massa de forma que seja possível enrolar com ela o bolo de carne.

Cozinhe os ovos (duros) para o recheio. Deixe esfriar.

Corte o alho-poró em anéis, aqueça o óleo numa panela e refogue o alho-poró em temperatura média por aproximadamente 5 minutos. Reserve.

Misture a carne moída com um ovo, farinha de rosca, pimenta, sal e páprica, dando um formato de pão. Descasque os ovos cozidos e aperte-os no centro do bolo de carne.
Espalhe o alho-poró sobre a massa folhada desenrolada, deixando 1 cm de borda livre em todos os lados. Deite o bolo de carne sobre a massa folhada.

Pincele as bordas com a clara de ovo e enrole o bolo com a massa. Aperte levemente as bordas e coloque sobre uma forma forrada com papel manteiga, observando que as junções da massa fiquem viradas para baixo.

Pincele a massa que envolve o bolo com a gema batida e leve ao forno pré-aquecido a 190°, na grade do meio, por aproximadamente 45 minutos. Eventualmente será necessário cobrir com papel alumínio nos últimos 10 minutos para que não resseque
demais.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Flashes de Memória: Velho, muito velho ditado alemão

Kartoffeln mit Liebe schmecken besser als Bratwürste mit Zank.............1867 notiert

Batatas com amor são mais gostosas que salsichas com desentendimento.... anotação de 1867 (Omas Küche – nachttopf.de)

Birnen-Gorgonzola-Salat / Salada de Pêra com Gorgonzola



Ingredientes para: 2 porções

2 peras
100 g queijo Gorgonzola
50 g nozes
Suco de meio limão

Modo de Preparo:

Corte as peras em cubos pequenos, misture com o queijo gorgonzola em pedaços igualmente pequenos, regue com o suco de limão e disponha sobre pratos rasos, sobre uma caminha de alface americana rasgada e folhinhas de endívia.

Polvilhe com as nozes picadinhas e decore com uma fatia de pêra e a metade de uma noz.

Rote-Bete-Meeretich / Beterraba com Raiz Forte


Ingredientes:

1 kg beterraba
1 colher de sopa de Kümmel (alcarávia)
2 colheres de sopa de kren (raiz forte), ou mais, a critério
2 colheres de chá de vinagre de vinho
1 pitada de sal
1 pitada de pimenta preta
1 pitada de açúcar
Suco de um limão

Modo de Preparar:

Escove as beterrabas sob água morna corrente, depois leve ao fogo em água fervente por aproximadamente 40 minutos ou até que fiquem bem moles.

Resfrie, descasque as beterrabas e rale num ralador grosso (ou processe no processador de alimentos).

Misture ao vinagre e ao kümmel , e tempere com sal, pimenta, açúcar e suco de limão.
Coloque em vidros de conserva e deixe apurar por 2-3 dias.

Esta beterraba é servida como acompanhamento quente (aquecida).

Dica: Se no final a beterraba ainda não tiver adquirido suficiente sabor, simplesmente aumente a quantidade de kren.

Russische Eier / Ovos Russos




Ingredientes:
4 ovos
1 colher de sopa de Maionese
1 a 2 colheres de café de caviar ou sardelas
Folhas de alface
cebolete

Modo de Preparar:

Cozinhe os ovos para que fiquem bem duros, descasque e corte em metades.
Disponha as metades dos ovos sobre as folhas de alface (inteiras ou cortadas em tiras).

Com o auxílio de um saco de confeiteiro, ou saco plástico, aplique a maionese sobre as gemas cortadas (veja foto).

Coloque sobre cada metade de ovo um pouquinho de caviar ou um pedacinho de sardela.
Decore com cebolete picadinha.

Kreneier – Ovos com Raiz Forte



Mais uma receita histórica, originalmente conhecida como um prato a ser consumido nas manhãs de páscoa.

Ingredientes:
4 Ovos
1 colher de café de vinagre
2 colheres de sopa de óleo de girassol
Sal
pimenta
1 colher de sopa de raiz forte ralada
Modo de Preparo:
Cozinhe os ovos até que fiquem bem duros, descasque e corte em 4 partes. Tempere com o vinagre, o óleo, sal e pimenta. Deixe apurar por 30 minutos e finalize pulverizando tudo com a raiz forte ralada.
Variante: amasse os ovos e acrescente os mesmos temperos. Sirva com pão preto preferencialmente, como patê.

Ovos em Conserva - "Pubs" (bar) x "Pups" (pum)

Quando estava fazendo a pesquisa sobre as receitas de "Soleier" (ovos em conserva), deparei com a informação de que esta iguaria é até hoje bastante popular na Inglaterra, onde é encontrada em muitos "Pubs", os famosos bares Ingleses.

Não consegui deixar de fazer uma associação meio chula com "Pups" (pum, gases), efeito indesejado desta conserva de ovos.

Efeito tão indesejado quanto perigoso na Áustria de hoje, acho eu, pois ainda esta semana eu li uma notícia de que um jovem de 20 anos teria sido condenado a pagar uma multa de 50 Euros por soltar um "pups" numa festa popular austríaca...

vixe.... acho que vou acrescentar às receitas que postei a advertência: "Se comer não vá a festas"...............pelo menos não em Steiermark, você pode ter prejuízos!

O link da notícia (em alemão): http://www.dnews.de/kuriosa/108314/strafe-fur-pupsen-50-euro.html

Eingelegte Eier mit Kräutern / Ovos em Conserva de Ervas

(variação dos “Soleier” – conserva de ovos descascados)



Ingredientes:

12 ovos
1,2 litro de água
50 g Sal
5 grãos de pimenta preta
10 grãos de pimenta branca
1 colher de chá de sementes de mostarda
1 ramo de orégano fresco
1 ramo de alecrim fresco
3 ramos de tomilho fresco

Técnica:

Cozinhe os ovos por 10 minutos para que fiquem bem duros. Assim que puder tocá-los dê batidinhas em todos os lados da casca para que a casca sofra pequenas rachaduras. Coloque num recipiente alto para conserva.

Lave as ervas e acrescente aos ovos juntamente com as sementes de temperos.
Ferva a água com o sal e cubra com ela os ovos quando a água ainda estiver quente, mas não fervente.

Deixe os ovos apurando por no mínimo 3 dias.

Os ovos podem ser consumidos temperados com azeite e vinagre ou sem adição de mais nenhum tempero, puros ou com pão preto.

Soleier - Pickled Eggs – Ovos em Conserva


Ingredientes:

12 ovos cozidos duros e descascados
3 xícaras de vinagre de ótima qualidade
1 xícara de água
2 colheres de sopa de sementes de mostarda
1 cebola grande
1 pimentão vermelho
1 colheres de chá de sal
1 colheres de sopa de açúcar
Alguns grãos de pimenta

Técnica:

Ferva a água junto com o vinagre, acrescente a cebola e o pimentão grosseiramente picado juntamente com os demais ingredientes, deixando cozinhar por alguns minutos. Deixe esfriar.

Descasque os ovos cozidos e coloque num vidro grande e cubra com o líquido já resfriado. Vede bem o vidro de conserva e deixe repousar por alguns dias. Se utilizarmos um vinagre escuro (recomendável vinagre de malte, se encontrar), os ovos assumirão a mesma coloração em sinal de que estão suficientemente curtidos.

Estes ovos em conserva eram bastante comuns nos bares e “vendas” do sul do Brasil, mas são ainda hoje encontrados tanto na Alemanha como em muitos “Pubs” (bares) na Inglaterra, onde são conhecidos como “Pickled Eggs”.

Como Transformar um Rabanete Num Cogumelo

Olha que idéia genial:

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Orangenpudding mit Vanillesosse / Pudim de Laranja com Molho de Baunilha



Ingredientes para 8 porções:

Ingredientes Pudim:

1 litro de suco de laranja
2 Laranjas (suco e raspas da casca)
1 Limão (somente a casca em raspas)
2 Pacotes de pudim de baunilha
2 Colheres de sopa de melado ou glucose de milho
1 fava de baunilha

Preparo Pudim:

Esprema as laranjas e com este suco dissolva o pó para pudim, acrescente eventualmente 1 a duas colheres de sopa de água.

Leve ao fogo o litro de suco com as raspas das cascas de laranja e limão, o interior da fava de baunilha, o melado e deixe levantar fervura.

Misture o pó para pudim já dissolvido a esta mistura fervente mexendo sempre, até que o pudim alcance a consistência desejada.

Distribua o pudim em taças de sobremesa e leve a gelar.

Sirva com molho de baunilha nevado.



Ingredientes Molho de baunilha:

1 litro de leite
Açúcar a gosto
1 colher de café
1 pitada de sal
2 ovos
1 colher de sopa rasa de amido de milho

Preparo Molho:

Separe as gemas, misture com ½ copo de leite e dissolva nesta mistura as 1 colheres de amido de milho.

Leve ao fogo brando o restante de leite, açúcar a gosto, 1 colher de café de baunilha e 1 pitada de sal. Acrescente as gemas com o amido quando levantar fervura. Acrescente as claras em neve (picos bem firmes) às colheradas e deixe apurar um pouco. Sirva gelado acompanhando o pudim.

Este molho também vai muito bem com o nosso sagu de vinho.

Erdbeertorte mit Knusperboden / Torta de Morangos com Base Crocante


• Ingredientes para 1 torta:

Para o Mürbeteig (fundo da torta):

• 120 g farinha de trigo
• 2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro
• 1 gema
• 50 g Margarina

Para o Pão de ló:

• 2 ovos
• 75 g açúcar
• ½ colher sopa de açúcar de baunilha
• cascas raladas de 1 limão
• 50 g farinha de trigo
• 50 g melhorador de trigo
• ½ colher de chá de fermento químico

Para a cobertura da torta:

• 100 g nozes picadas
• 50 g manteiga

• 2 colheres de sopa de açúcar
• 4 folhas de gelatina

• 6 colheres de sopa de suco de limão
• 3 colheres de sopa de açúcar
• 400 ml nata

• 700 g morangos
• Geléia de brilho
• ¼ l suco de morango

Modo de Preparo:

Mürbeteig (massa do fundo): Amasse a farinha, com o açúcar de confeiteiro, a gema e a margarina até formar uma massa homogênea. Deixe a massa repousando na geladeira por 30 minutos. Após isso, desenrole a massa e cubra com ela o fundo de uma forma de fundo removível devidamente untada. Fure a massa diversas vezes com um garfo para que não levante quando assada.

Pão de Ló: Separe as gemas e bata as claras em picos firmes. Bata as gemas com o açúcar, açúcar de baunilha e as cascas de limão até formar um creme bem aerado. Misture a farinha ao melhorador e ao fermento e peneire juntando ao creme de gemas. Acrescente com igual cuidado as claras batidas em neve.

Coloque a massa do pão de ló sobre a massa do fundo já enformada na forma de fundo removível e leve ao forno pré-aquecido a 175°C, por aproximadamente 20 minutos. Deixe esfriar.

Aqueça a manteiga numa frigideira, caramelize duas colheres de açúcar e acrescente as nozes. Quando estas estiverem levemente douradas, distribua sobre o pão de ló já assado e frio.

Amoleça a gelatina em um pouco de água. Aqueça o suco do limão com 3 colheres de açúcar e dissolva a gelatina espremida nesta mistura. Deixe esfriar.

Bata a nata em picos firmes e misture ao suco de limão já resfriado. Coloque a mistura de nata sobre a base da torta assada e deixe na geladeira por algumas horas, até que a a nata esteja endurecida. Para obter uma beirada uniforme, envolva a torta com uma beirada alta de papel que será retirada somente após o endurecimento da nata com a gelatina.

Limpe, lave e eventualmente corte os morangos em metades. Distribua os morangos sobre a torta. Prepare a geléia de brilho conforme instruções do fabricante misturando com o suco do morango e coloque sobre as frutas.

Esta torta dá um pouco mais de trabalho do que se comprarmos a base da torta já pronta, mas posso assegurar que fica uma delícia!

Mürbeteig / Massa para Fundo de Torta

• Ingredientes:

• 250 g farinha de trigo
• 150 g manteiga gelada em pedaços
• 1 ovo
• 70 g açúcar
• 1 pitada de sal
• 1 colher de sopa de Rum

Modo de Preparo:

Peneire a farinha sobre uma superfície de trabalho e faça uma depressão no centro. Coloque os demais ingredientes dentro desta depressão. Muito importante observar que a manteiga TEM que estar gelada.



Misture todos os ingredientes com a mão e amasse rapidamente até formar uma massa lisa. Igualmente muito importante é observar que o “Mürbeteig” NÃO DEVE SER AMASSADO POR MUITO TEMPO. Se demorarmos muito, a nossa temperatura corporal aquecerá a manteiga deixando a massa quebradiça, o que não queremos. Se isto acontecer não será mais possível desenrolar ou dar a forma desejada à massa.

Forme uma bola de massa, cobra com plástico filme e coloque na geladeira por aproximadamente uma hora, até desenrolá-la e forrar uma forma de quiche, ou forma de bolo com fundo removível.



O Mürbeteig é a base para muitos biscoitos e tortas.




Dica: é muito importante mesmo observar que a manteiga esteja realmente gelada e que a massa seja trabalhada o mais rapidamente possível.

Fonte: Hüttenhilfe

Alemanha: Mirante de Copas de Árvores



Não tem nada a ver com culinária alemã, mas achei super interessante a idéia deste mirante que os alemães construiram para que os amantes da natureza possam admirar a fauna e a flora. Trata-se de uma torre de mais de 40m de altura na floresta da Baviera (Bayerischer Wald)




Um esporte muito apreciado pelos alemães é a caminhada (Wanderung). Esta torre possibilita aos adeptos ao esporte fazer também "caminhadas verticais", além, é claro, de uma maior intimidade e proximidade com os elementos da natureza.

Há uma antiga canção alemã chamada: "Das Wandern ist das Müllers Lust" ou "A caminhada é o prazer dos Müller", acho que deve ser por isso que o tema me agradou tanto.....


terça-feira, 8 de setembro de 2009

Forelle Müllerin Art / Truta a la Meunière

Em Português seria algo como:

“Truta à Moda da Senhora do Engenho”

Ingredientes:

400 g batatas
3 trutas
3 colheres de sopa de suco de limão
Flor de Sal = Fleur de Sel (*) ou sal marinho comum
30 g farinha de trigo
30 g manteiga
50 g amêndoas laminadas
60 g manteiga
1 limão
2 colheres de sopa de salsinha


Modo de Preparo:

Prepare as batatas para o acompanhamento da truta: descasque, lave e corte as batatas em metades ou em 4 partes. Leve a cozinhar com um pouco de sal até que fiquem al dente.

Lave as trutas por dentro e por fora e seque bem com papel absorvente. Aplique suco de limão fresco sobre toda a superfície dos peixes e salgue com flor de sal (pode substituir por sal comum, se desejar).

Coloque a farinha de trigo num prato fundo e deite os peixes dentro do prato de modo que fiquem cobertos por uma fina e homogênea camada de farinha. Sacuda o excedente de farinha.

Aqueça 30 g de manteiga numa frigideira grande e frite os peixes por aproximadamente 5 minutos de cada lado, até que fiquem levemente dourados, tomando cuidado ao virar de lado para não danificar o peixe.

O tempo total de fritura dependerá do tamanho do peixe, mas ele estará no ponto quando as nadadeiras soltarem da carne com facilidade.

Retire os peixes da frigideira e passe para uma travessa pré-aquecida.

Acrescente 60 g de manteiga à frigideira usada na fritura e salteie as lâminas de amêndoas até que fiquem levemente douradas.

Corte o limão pela metade e retire o suco de uma das metades, acrescentando à manteiga com as amêndoas. A outra metade do limão corte em fatias.

Disponha os peixes fritos em uma travessa e cubra com a manteiga de amêndoas, decorando com as fatias de limão restantes.

Sirva acompanhado das batatas cozidas salpicadas com a salsinha picada.



(*) A flor de sal ou coalho é constituída pelos cristais de sal que se formam à superfície da água, durante a produção de sal marinho em salinas. Estes cristais, se não fossem colhidos, acabariam por se depositar no fundo, produzindo então o sal marinho vulgar. A flor do sal é colhida diariamente, cuidadosamente e com um instrumento apropriado, evitando tocar o fundo.

A flor do sal é um ingrediente comum na moderna alta gastronomia, utilizada mundialmente por apreciadores e chefes de cozinha, devido ao seu sabor especial e sua maior riqueza em oligoelementos e micronutrientes. Moído na hora, a flor de sal produz um excelente resultado acentuando o sabor das carnes e dos peixes.

Milchnudeln / Macarão ao Leite


Ingredientes:

500 g macarrão
2 l leite
Qb (quanto baste) açúcar
Qb canela
compota de frutas a seu critério (pêssegos, peras, ameixas etc)

Modo de Preparo:

Coloque o macarrão e o leite numa panela e deixe cozinhando em fogo baixo, mexendo sempre. 8 a 10 minutos são normalmente suficientes, mas é recomendável observar o tempo de cozimento informado pelo fabricante do macarrão.

Acrescente açúcar e canela a gosto. Sirva o macarrão com o leite (não escorra) com uma porção de frutas da compota.

Omamas Milchsuppe / Sopa de Leite da Oma

Ingredientes:

1 litro de leite
Farinha de trigo
½ colher de sopa de Baunilha
Uma pitada de sal
2 ovos

Modo de Preparo:

Leve ao fogo o leite com a baunilha e uma pitada de sal, deixe levantar fervura. Enquanto isso misture os dois ovos com 3 colheres de sopa de leite à farinha de trigo, de forma a obter uma massa firme.

Quando o leite tiver cozinhado uns 5 minutos, forme pequenas bolinhas com a massa e acrescente ao leite. Deixe apurar por aproximadamente 10 minutos. Sirva colocando o açúcar e a canela à mesa para que cada comensal tempere a gosto. Sirva a seguir.

Milchsuppe / Sopa de Leite

Ingredientes:

500 ml leite
1 colher de sopa de açúcar
Canela a gosto
1 gema
12 colheres de sopa de farinha
1 maçã pequena

Técnica:

Doure a farinha sem qualquer gordura em fogo baixo e acrescente um pouco do leite formando uma massa lisa. Aqueça o restante do leite com o açúcar e a canela e vá acrescentando aos poucos a massa de trigo, a maçã ralada e a gema. Acerte os temperos e sirva quente.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Schweinshaxn / Joelho de Porco Bávaro



Ingredientes para 4 pessoas:

2 Joelhos de porco
sal
pimenta preta
pimenta caiena
2 colheres de sopa de banha de porco
2 cebolas
250 ml cerveja
250 ml caldo de carne

Modo de Preparo:

Lave a carne e enxugue bem com toalhas descartáveis. Tempere esfregando as peças com sal e pimenta. Pré-aqueça o forno a 180 graus.

Derreta a banha numa assadeira e coloque as peças de carne e deixe dourar todos os lados por aproximadamente 10 minutos .

Descasque as cebolas e corte em 4 partes.

Coloque na assadeira juntamente com a cerveja. Deixe assar por aproximadamente 90 minutos. De tempos em tempos regue com o caldo de carne e pincele com o caldo resultante do cozimento.

Os joelhos de porco à moda da Baviera você pode servir tanto quentes quanto frios.

Schweinsbraten mit Kartoffelknödeln / Assado de Porco com Bolinhos de Batata



Ingredientes para 4 porções:

800 g de ombro de porco com a pele
1 colher de chá de Kümmel
1 dente de alho
2 cebolas
2 cenouras
300 g aipo ou salsão
Manteiga clarificada
500 ml caldo de carne instantâneo
250 ml cerveja preta
750 g massa para Knödel de batata (veja receita neste blog)
3 colheres de sopa de farinha de rosca
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de chá de amido de milho
pimenta

Modo de Preparo:

1. Lave e seque a carne. Faça cortes na pele, formando um desenho quadriculado (veja foto). Amasse as sementes de Kümmel. Descasque e pique o alho, Misture ao kümmel e esfregue sobre o pedaço de carne a ser assado.

2. Aqueça o forno a 200 graus. Descasque as cebolas, cenouras e o aipo. Pique tudo em cubos. Refogue os legumes em uma assadeira. Acrescente o caldo e deite a carne, com a parte da pele para baixo na assadeira. Leve ao forno a 200 graus por aproximadamente 30 minutos, então vire a carne. Asse por mais 60 minutos regando constantemente com a cerveja e o caldo do assado. Aumente a temperatura do forno para 225 graus e deixe “pururucar” por mais 10-15 minutos, sem regar com qualquer líquido.

3. Neste meio tempo prepare os “Knödel” de batata conforme receita própria, formando 4-8 Knödel para acompanhar o assado. Doure a farinha de rosca na manteiga.

4. Tire a assadeira do forno, retire a carne e mantenha-a aquecida no forno. Passe o molho do assado pela peneira e deixe cozinhando. Dissolva o amido com uma colher de água fria e acrescente ao molho, deixando levantar fervura. Acerte o sal e a pimenta.

5. Corte o assado em fatias. Cubra os Knödel de batata com a farinha de rosca torrada e arrume tudo nos pratos com uma generosa porção do molho.

Acompanha: salada de folhas

Por Porção: 710 kcal

DICA: Cortar a pele com uma faca bem afiada formando losangos. Não faça cortes muito profundos para não atingir a carne. Assim obtém-se uma superfície bem crocante e fica mais fácil porcionar.

Leberknödelsuppe / Sopa de Bolinhos de Fígado



Ingredientes para 4 Porções:

2 cebolas grandes
40 g manteiga clarificada
1 maço salsa
5 pãezinhos amanhecidos
125 ml leite
250 g fígado bovino
3 gemas
1 colher de sopa de manjerona
1 colher de chá de pimenta
Sal, pimenta
1 l caldo de carne instantâneo
1 maço de cebolinha

Modo de Preparo:

1. Descasque as cebolas e pique em cubos pequenos. Aqueça a manteiga numa frigideira e frite as cebolas até que dourem. Retire do fogão. Lave a salsa, pique as folhas bem fininho e misture à cebola já frita.

2. Corte os pães em cubos e amoleça-os no leite quente. Deixe absorver por algum tempo. Moa ou processe o fígado para que fique bem fininho.

3. Misture o pão com o fígado, as cebolas, as gemas e os temperos e amasse bem. Forme 8 bolinhos pequenos.

4. Coloque bastante água para ferver e cozinhe os “Knödel” à baixa temperatura por aproximadamente 20 minutos.

5. Aqueça o caldo de carne, acrescente os “Knödel” e a cebolinha cortada bem fino e sirva.

Por Porção: 210 kcal

Grillhendl mit Kartoffelsalat / Frango Assado com Salada de Batatas


Ingredientes para 4 porções:

1 Frango (aproximadamente 1,5 kg)
1 maço de salsa
100 g manteiga líquida ou clarificada
Sal, pimenta
1 colher de sopa de páprica
800 g batatas
2 cebolas picadas
200 ml caldo de galinha
6 colher de sopa vinagre
1 pitada de açúcar
4 colheres de sopa de óleo
Salsa, cebolinha e nabos à vontade

Modo de Preparo:

1. Pré-aqueça o forno a 180 graus. Limpe, lave e seque o frango. Lave a salsa e coloque no interior do frango. Misture a manteiga, sal, pimenta e páprica e esfregue na ave esta mistura. Costure o frango com linha culinária. Deixe assar por aproximadamente 60 minutos colocando o frango no espeto ou sobre uma superfície para grelhar. Durante este período, pincele repetidas vezes com manteiga.

2. Cozinhe as batatas em água e sal por aproximadamente 25 minutos. Escorra a água, descasque as batatas, corte em fatias finas e misture com as cebolas. Misture o caldo de galinha, o vinagre, sal, pimenta e açúcar, misture às batatas e deixe incorporar bem. Acrescente o óleo e se desejar acrescente ainda salsa, cebolinha picadinhos ou incremente sua salada com rabanetes.

Pro Portion: 810 kcal

Fleischpflanzerl / Bolinhos de Carne




Ingredientes para 4 Porções:

2 Pretzel amanhecidos
100 ml leite à temperatura ambiente
1 cebola
1 dente de alho
2 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de salsa picadinha
2 ovos
1 colher de chá de mostarda
1 colher de chá de kren (raiz forte)
1 colher de chá manjerona
600 g carne de vitela moída (eventualmente: 400 g vitela + 200 g carne de porco moída)
Sal, pimenta
2 colheres de sopa de manteiga clarificada
Modo de Preparo:
1. Corte os Pretzel em fatias finas e mergulhe no leite para amolecer. Descasque a cebola e o alho e refogue na manteiga. Retire o excesso de leite dos Pretzel amolecidos e misture à cebola, salsa, ovos, mostarda, kren, manjerona e carne moída. Tempere com sal e pimenta.
2. Com as mãos umedecidas, forme bolinhos e frite na manteiga clarificada aquecida, à baixa temperatura, por aproximadamente 4 minutos de cada lado. Se desejar, guarneça com mostarda e ceboletes..
Por Porção: 460 kcal

Dica: vai muito bem com salada de batatas, é claro!!

Dampfnudeln / Pães no Vapor


Ingredientes para 12 unidades:

500 g farinha de trigo
1 cubo de fermento biológico
120 g açúcar
500 ml leite à temperatura ambiente
100 g manteiga
2 ovos
1 pitada de sal

Modo de Preparo:

1. Peneire o trigo em uma bacia, faça uma depressão no centro. Esfarele o fermento nesta depressão e acrescente com 50 g de açúcar e 250 ml de leite. Cubra o fermento esfarelado com um pouco de farinha de trigo e deixe descansar por aproximadamente 30 minutos em um local aquecido.

2. Some 50 g manteiga em flocos, os ovos e o sal, amasse bem e deixe crescer por mais 30 minutos.

3. Derreta o restante da manteiga em uma panela grande, com tampa. Amasse bem a massa e forme um rolo que será cortado em 12 pedaços iguais. Caramelize o restante do açúcar na manteiga aquecida, acrescente o restante do leite. Coloque os pãezinhos lado a lado dentro do líquido e tampe a panela. Deixe levantar fervura e então diminua o fogo para o mínimo deixando apurar por mais 30-35 minutos aproximadamente, até que os pãezinhos criem uma crosta corada.

Vai muito bem com molho de baunilha (clássico), mas também combina com uma musse de morango.

Brezensuppe / Sopa de Pretzel



Ingredientes para 4 Porções:

3 cebolas
1 maço de cebolete
3 Pretzel amanhecidas (veja receita neste blog: http://ursulamueller.blogspot.com/search?q=bretzel)
100 g bacon
50 g manteiga
1 l caldo de legumes (Instantâneo)
Noz moscada ralada
Sal, pimenta

Modo de Preparo:

1. Descasque as cebolas e corte em anéis finos. Lave e seque as ceboletes e corte em rolinhos. Retire o sal grosso das Pretzel e corte em fatias finas. Corte o bacon em cubos.

2. Aqueça a manteiga numa panela e refogue o bacon e as cebolas. Some o caldo de legumes e deixe levantar fervura. Tempere com a noz moscada, sal e pimenta.

3. Distribua as pequenas fatias de Pretzel em 4 pratos aquecidos, polvilhe com a cebolete picadinha e cubra com o caldo de legumes, bacon e cebolas.
Pro Portion: 320 kcal

Bayerische Creme mit Erdbeersauce / Crème Bávaro com Molho de Morangos


Ingredientes para 4 Porções:

3 folhas de gelatina branca
1 fava de baunilha
200 ml leite
3 gemas
70 g açúcar
200 g nata
500 g morangos
50 ml suco de laranja
2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro
folhas de melissa ou de hortelã para decorar
Modo de Preparo:
1. Deixe a gelatina inchar: coloque a gelatina numa vasilha com água fria por cerca de 5 minutos, até que ela inche. Corte a fava de baunilha no sentido do comprimento e retire as sementinhas do interior com o auxílio de uma faca. Coloque o interior raspado da fava de baunilha e a própria fava numa panela com o leite e deixe levantar fervura. Retire a fava.
2. Prepare o creme: Bata as gemas com o açúcar formando um creme, acrescente o leite de baunilha mexendo sempre. Acrescente então as folhas de gelatina escorridas para que se dissolvam nesta mistura.
3. Some a nata batida: Deixe o creme de leite e baunilha esfriando, até que a massa comece a solidificar-se. Bata a nata em picos firmes e some ao creme já frio.
4. Enformando o creme: distribua o creme em potinhos de sobremesa e leve à geladeira, tampado, por no mínimo duas horas. Neste meio tempo limpe e lave os morangos e pique em pedaços pequenos. Faça um purê de morangos com o suco de laranja, temperando com o açúcar de confeiteiro. Inverta os cremes já gelados sobre um prato de sobremesa e sirva com o molho de morangos. Se desejar decore com folhas de melissa ou de hortelã.

Quarkknödel mit Aprikosen / Bolinhos de Ricota com Damascos


Ingredientes para 4 Porções:

250 g Ricota
100 g farinha de trigo
1 pacote de pudim de baunilha
1 ovo
200 g damascos demolhados
50 g sementes de papoula
50 g açúcar de confeiteiro
100 g manteiga
canela em pó

Modo de Preparo:

1. Misture a ricota, a farinha, o pó para pudim e o ovo, amasse bem até formar uma massa firme e desenrole sobre uma superfície de trabalho. Separe a massa em porções homogêneas.

2. Coloque um pedaço de damasco sobre cada porção de massa e forme bolinhos envolvendo a fruta. Coloque os bolinhos na água fervente com uma pitada de sal. Quando os bolinhos subirem à superfície, deixe cozinhando em fogo baixo por mais 6 a 8 minutos.

3. Assim que estejam prontos, retire os bolinhos da água, coloque sobre um prato e polvilhe com sementes de papoula, canela, açúcar de confeiteiro e regue com manteiga derretida. Sirva em seguida.

Fonte: Lust auf Genuss

domingo, 6 de setembro de 2009

Ganhei o Selinho de Blog Maneiro:



Agradeço à Rô, do Blog "Receitinhas e dicas da vovó Rô" que me honrou com o selinho de Blog Maneiro!

Envio um forte abraço à Rô, e para não quebrar as regras do jogo, aí vai:


REGRAS DO SELINHO "OLHA QUE BLOG MANEIRO":


1. EXIBA A IMAGEM DO SELO "OLHA QUE BLOG MANEIRO"
2. POSTE O LINK QUE TE INDICOU
3. INDIQUE 8 PESSOAS DE SUA PREFERÊNCIA
4. AVISE SEUS INDICADOS
5. PUBLIQUE AS REGRAS
6. CONFIRA SE OS BLOGS INDICADOS REPASSARAM OS SELOS E AS REGRAS

Meus indicados são:

http://www.lacucinetta.com.br
http://liegearteemfios.blogspot.com/
http://www.curitibacityphotos.blogger.com.br/
http://www.papodeempreendedor.com.br/
http://www.poracaso.com/
http://www.pilotandofogao.com/portal/
http://gastronomianosenac.blogspot.com
http://paoceu.blogspot.com/

Buttermilchsuppe – Sopa Doce do Soro da Manteiga



Ingredientes:

1 litro de leite (ou soro) de manteiga
40 g açúcar
1 pitada de sal
20 – 25 g de reforçador de trigo (ou amido de milho)
2 a 4 colheres de sopa de nata doce

Modo de fazer:

Bata todos os ingredientes (exceto a nata) com o auxílio de um fouet* e leve ao fogo mexendo sempre até ferver. Após levantar fervura, retire do fogo, some a nata e leve à geladeira. Sirva como sobremesa, eventualmente como acompanhamento de pudins.

(*) Fouet é um instrumento de cozinha feito de fios de aço (atualmente, também de plástico) curvos e entrelaçados, formando o desenho de uma grande gota. Usado para bater ingredientes como cremes, clara em neve, molhos e ovos. Em Alemão: Schneebesen.

Creme de leite, sour cream, crème fraîche, a maior bagunça

Achei tão genial o que a Ana Elisa publicou no seu blog "La Cucinetta, no dia 10 de Dezembro de 2007, que transcrevo aqui na íntegra:


Desde que comecei a fazer bagunça com as panelas, gostei de assistir a programas de culinária. Via já os de Jamie Oliver quando ainda passavam no People & Arts e ele ainda não fazia chapinha nas madeixas. Adorava livros de cozinha em qualquer idioma, e nunca me deixei intimidar por uma receita em francês, por exemplo. O único problema disso tudo era a confusão total e completa em minha cabeça causada pelas inúmeras variações do simples creme de leite que podem existir no mundinho gastronômico. Joguei muito doce no lixo por usar o creme errado, com a quantidade de gordura e a acidez inadequadas. Demorei muito para encontrar fontes confiáveis que me indicassem exatamente o que eram cada uma das variações, e, principalmente, como produzi-las em casa ou substituí-las. Então, apesar de hoje existir muito mais informação a respeito do que há uns 7 anos atrás, vou tentar resumir tudo por aqui para dar uma mãozinha aos igualmente confusos de plantão...

CREME DE LEITE

O creme de leite de latinha ou de caixinha costuma ter por volta de 25% de gordura. Um dos erros mais freqüentes de quem não cozinha muito é tentar batê-lo na batedeira. Seu teor de gordura não é suficiente para que ele forme picos, como o creme de leite fresco (a seguir). Para ganaches, caldas, pudins, molhos, no entanto, ele é excelente. O fato de ter mais soro, no entanto, deixa-o mais amarelado, de modo que não é o ideal para sobremesas que dependam visualmente de uma cor final branca mais delicada. O creme de leite de lata costuma ser menos espesso que o de caixinha, e também parece decantar mais facilmente (quando o soro separa da gordura). Se uma receita pedir por creme de leite (a não ser que indicado especificamente o contrário), não separe o soro da gordura: misture-o novamente com um garfo ou um fouet pequeno, até que fique homogêneo, antes de medi-lo e incorporá-lo à receita.

Outros nomes: já encontrei divergências em muitas fontes, mas pela semelhança no teor de gordura, nunca tive problemas usando o creme de leite de lata ou de caixa quando são requisitados cream, single cream (inglês), crème liquide (francês), panna (italiano), natas (português de Portugal).

Atenção: algumas receitas podem pedir cream ou light cream (como no caso de um bolo de chocolate do Jamie Oliver), mas estar se referindo a creme de leite fresco, pois existem versões menos gordurosas de creme de leite fresco em países como Inglaterra. Verifique o uso: se você precisar BATER o creme, use o fresco/pasteurizado.

CREME DE LEITE LIGHT

Nunca pensei que entraria algo light em minha casa, mas esse creme, que contém 18% de gordura, é equivalente em uso ao creme de leite comum de lata ou caixinha, só que mais magro.

Outros nomes: light cream, table cream, coffee cream, half-and-half (inglês).

CREME DE LEITE FRESCO

O creme de leite fresco que compramos no supermercado, geralmente cheio de fotinhos de morangos com chantilly, não é de fato creme de leite fresco, uma vez que é pasteurizado. Gerentes de bons supermercados já me garantiram que o fresco de verdade, com maior teor de gordura, só se encontra em versão industrializada no sul do país, assim como natas. No entanto, um pode ser facilmente substituído pelo outro, sem problemas. Ele difere do creme de leite de latinha por ter mais gordura (cerca de 35%) e menos soro, razão pela qual é mais branquinho. Quanto mais branco o creme de leite, então, mais gordura, e, portanto, melhor. Você usará o creme de leite fresco ou pasteurizado para bater chantilly.

Outros nomes: apesar de existirem pequenas diferenças no teor de gordura de um e de outro, você pode usar o creme de leite fresco ou pasteurizado sem problemas sempre que receitas em outros idiomas pedirem por heavy cream (inglês), double cream (inglês), crème fleurette (francês), panna fresca (italiano), natas espessas, natas batidas (português de Portugal, sendo que o segundo é já o creme batido).

CREME DE LEITE AZEDO

É o creme de leite fresco que passou por fermentação por adição de bactéria de ácido lático. Costuma ser espesso como chantilly, firme, e ligeiramente ácido ao paladar, como iogurte, contendo por volta de 18% de gordura. Pode ser comprado pronto em alguns empórios.

Outros nomes: sour cream (inglês), natas ácidas (português de Portugal).
Substituições: Os franceses não costumam usar sour cream, substituindo-o por crème fraîche. Há fontes que indicam que se pode substituir o sour cream por iogurte natural integral na maioria das receitas.

Para fazer em casa: mistura-se 1 colh. (sopa) de suco de limão a 1 xíc. de creme de leite fresco, e deixa-se a mistura descansar em temperatura ambiente por 30 minutos. Guarde na geladeira até a hora de usar.

CRÈME FRAÎCHE

Especialidade francesa, é um creme de leite fresco um pouco envelhecido, espesso mas ainda líquido, com um sabor ligeiramente ácido. Pode ser usado para bater, como o creme de leite fresco, e é usado tanto em doces como em salgados. O crème fraîche não se encontra no Brasil, mas pode ser produzido em casa com resultados muito próximos do original.

Substituições: em preparações salgadas, pode ser substituído por iogurte ou sour cream.

Para fazer em casa: Misture 500ml de creme de leite fresco a 250ml de creme de leite azedo em uma panela média e mexa. Aqueça em fogo baixo até amornar levemente. Despeje em uma tigela de vidro e cubra com um prato, deixando uma pequena brecha. Deixe em local fresco por 6-8 horas, até que engrosse e fique ácido. Mexa de novo, tampe e leve à geladeira até a hora de usar.

BUTTERMILK

Meu mais recente pesadelo, também não existe em versão industrial no Brasil. Trata-se do soro do leite coalhado que resta no processo de fabricação da manteiga. Se você fizer manteiga em casa, basta guardar o líquido restante na geladeira. Senão, o buttermilk pode ser produzido em casa também com bons resultados, ou mesmo substituído. Ele é bastante líquido e tem, como o sour cream e o crême fraîche, um sabor ligeiramente ácido. Costuma ser usado no preparo de bolos para que, em combinação com o bicarbonato de sódio, fermente a massa.

Substituições: Segundo Dorie Greenspan, o volume de buttermilk requerido pode ser substituído por 2/3 de iogurte desnatado e 1/3 de leite. Se não tiver iogurte em casa, você pode alterar a receita, substituindo buttermilk por leite na mesma medida e: para cada litro (ou kg) de buttermilk retirado da receita, retirar 15g de bicarbonato de sódio e adicionar 30g de fermento químico em pó.

Para fazer em casa: Misture 1 colh. (sopa) de suco de limão ou vinagre ou 1 colh. (chá) de cremor tártaro a 1 xíc. de leite desnatado e deixe descansar em temperatura ambiente por cerca de 10 minutos, até que talhe.

Definições e usos tiveram como fonte quase todos os livros de minha biblioteca. Algumas das substituições são sugestões do site Cooking for Engineeers. Se tiver outras dúvidas, experiências com esses ingredientes, ou sugestões de preparos caseiros e substituições, entre em contato!

Kürbissüppchen mit Curry und Kokosschaum – Sopinha de Abóbora com Curry e Espuma de Coco



Ingredientes:

400 g abóbora Hokkaido
20 g gengibre fresco
2 cebolas
2 colheres de sopa de óleo de girassol
4 colheres de sopa de Curry - picante
750 ml caldo de legumes (instantâneo ou feito em casa)
Sal
Pimenta
Suco de um limão
200 ml leite de coco ao natural (sem adoçantes)

Modo de Preparo

1. Lave e limpe a abóbora e corte em cubos, inclusive a casca pois a abóbora Hokkaido não precisa ser descascada. Descasque o gengibre e as cebolas, e corte ambos em fatias bem finas. Refogue tudo no óleo quente. Polvilhe tudo com duas colheres de sopa de Curry, some o caldo de legumes.

2. Deixe a sopa cozinhando em fogo médio por aproximadamente 20 minutos. Faça um purê fino com os legumes, passe por uma peneira e tempere com sal, pimenta e um pouco de suco de limão.

3. Aqueça o suco do limão, e obtenha uma consistência espumante com o auxílio de um mixer.

4. Disponha a sopa em xícaras ou copos de vidro resistente, cobra com a espuma de coco e polvilhe com o restante do curry. Sirva a seguir.


Fonte: Lust auf Genuss

Kürbissuppe – Sopa de Abóbora



Ingredientes:

• 1kg abóbora
• 1 batata média
• 1 pedacinho de gengibre
• 1 pimenta tipo chili
• 40 g manteiga
• 1 L caldo de legumes
• 1-2 colheres de sopa de suco de limão
• 1 colher de sopa de sal
• 1 pimenta caiena
• 200 g nata

Para Decorar:

• 1 colher de sopa de sementes de abóbora
• 1 colher de sopa de óleo de semente de abóbora

Modo de Preparo:

Descasque a abóbora, retire as sementes e corte em cubos grandes. Descasque e corte em cubos também a batata e o gengibre. Retire as sementes da pimenta chili, se desejar, e pique.

Aqueça a manteiga numa panela grande. Refogue a abóbora, a batata, a pimenta chili e o gengibre. Some o caldo de legumes. Tempere com sal e pimenta caiena. Deixe cozinhar por aproximadamente 15 minutos ou até que a abóbora esteja macia.

Só então acrescente o suco de limão e a nata. Passe a sopa pelo processador ou liquidificador e acerte novamente os temperos.

Ao servir, coloque sobre cada porção algumas sementes de abóbora e regue com o óleo de sementes de abóbora.

Fonte: Huettenhilfe

Kürbissuppe aus dem Ofen / Sopa de Abóbora do Forno



Ingredientes para 6 Porções:

• 1 abóbora média
• 1 cebola
• 1 pimenta chili
• 1 a 2 batatas
• 1 l caldo de legumes
• 200 ml nata
• 1 colher de sopa de Curry
• suco de uma laranja
• Sal, pimenta
• salsinha
• manteiga para fritar


Modo de Preparo:

Pré-aqueça o forno a 180°C.

Corte a abóbora em 4 partes e retire as sementes. Asse por aproximadamente 20 minutos no forno a 180°C. A propósito, as sementes de abóbora podem ser torradas.



Descasque e corte as cebolas em cubos. Lave a pimenta Chili, corte ao meio e retire as sementes. Corte a laranja pela metade e extraia o suco (coloque numa tigela).

Descasque as batatas e corte em cubos. Lave a salsinha e pique grosseiramente.

Retire a abóbora do forno. Retire a carne da fruta com o auxílio de uma colher.

Em uma panela, salteie (frite ligeiramente na manteiga) os cubos de cebola e batata até que a cebola fique transparente. Acrescente a carne de abóbora. Regue com o caldo de legumes e deixe cozinhar por aproximadamente 10 minutos. Some o suco de laranja fresco e finalmente a nata e misture bem.

Deixe levantar fervura novamente e acerte os temperos: sal, pimenta e salsa picadinha. Sirva a seguir.

Fonte: Huettenhilfe

Sopa de Abóbora, Alho-Poró e Feijão Branco


direto do site "La Cucinetta"

(adaptada do livro The Greens Cookbook, de Deborah Madison)
tempo de preparo: 3 horas
rendimento: 4 porções

Ingredientes:
(feijões)

* 1/2 xíc. de feijões brancos pequenos
* 3 folhas de sálvia fresca ou 1/2 colh. (chá) seca
* 1 dente de alho grande, sem casca, inteiro
* 1 folha de louro
* 6 xíc. água fria

(caldo)

* sementes (com as fibras) e cascas de um pedaço de 500g de abóbora
* partes verdes de 2 alho-porós médios, picadas
* 5 ramos de salsinha
* 4 dentes de alho, sem casca e inteiros
* 1/2 colh. (chá) sal
* 6 xíc. água fria

(sopa)

* 2 colh. (sopa) azeite
* polpa da abóbora cortada em cubos de 1cm
* 2 alhor-porós (só parte branca), cortados ao meio e picados em pedaços de 0,5cm
* 1 dente de alho grande, picado
* 2 folhas de sálvia fresca, ou 1/4 colh. (chá) seca
* 1/2 colh. (chá) sal ou a gosto
* pimenta-do-reino moída na hora
* 2 colh. (sopa) salsinha picada
* azeite para servir
* 6-8 xíc. de caldo

Preparo:

1. Cubra os feijões com água e deixe de molho durante a noite. Escorra e coloque os feijões na panela com o restante dos ingredientes e a água. Leve à fervura e cozinhe por 45-60 minutos, até que estejam macios, retirando qualquer espuma que apareça na superfície. Escorra os feijões e reserve a água do cozimento.

2. Coloque todos os ingredientes do caldo numa panela, leve à fervura e mantenha fervura branda por 30 minutos. Coe, descartando os legumes e reservando o caldo.

3. Aqueça o azeite em uma panela grande e junte a abóbora em cubos, o alho-poró, o alho, sálvia e sal. Mexa bem com uma colher de pau e cozinhe por cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando.

4. Junte a água do feijão e o caldo de legumes, totalizando cerca de 8 xícaras (se sobrar caldo de legumes, congele e use em outra sopa). Leve à fervura, abaixe o fogo e cozinhe por meia hora, até que a abóbora esteja macia.

5. Junte os feijões e continue cozinhando até que a abóbora tenha se desfeito em purê. Experimente, acerte o sal e tempere com pimenta-do-reino moída na hora. Sirva com a salsinha picada por cima e um fio de azeite. A sopa pode ser feita com antecedência: seu sabor fica mais forte conforme ela descansa.

OBS: para ninguém ficar louco com a lista de ingredientes, você precisa ir à feira e comprar: 500g de abóbora com casca e sementes, 2 alho-porós médios, 6 dentes de alho, salsinha e sálvia frescas, 1/2 xíc. de feijão branco e só.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Apfelkuchen / Cuca de Maçã da Nigella


(do livro How to be a domestic goddess, de Nigella Lawson)
Tempo de preparo: 2h-2h30m
Rendimento: 8 porções generosas

Ingredientes:
(massa)

* 2 1/4- 3 xíc. farinha
* 1/2 colh (chá) sal
* 2 colh. (sopa) açúcar
* 1 1/2 colh. (chá) fermento ativo fresco
* 2 ovos grandes
* 1/2 colh. (chá) essência de baunilha
* casca ralada de meio limão
* 1 pitada generosa de noz-moscada ralada na hora
* 1/2 xíc. leite em temperatura ambiente
* 1/4 xíc. manteiga sem sal, em temperatura ambiente

(cobertura 1)

* 2 maçãs Granny Smith (eu usei Fuji, que era o que tinha)
* 1 ovo grande
* 1 colh. (sopa) creme de leite
* noz moscada ralada na hora
* 1 colh. (sopa) açúcar demerara
* 1 colh. (sopa) açúcar cristal
* 1/4 colh. (chá) pimenta da jamaica moída
* 2 colh. (sopa) amêndoas laminadas

(cobertura 2)

* 1/3 xíc. açúcar de confeiteiro, peneirado
* 1 colh. (sopa) água quente

Preparo:
1. Coloque 2 1/4 xíc. de farinha em uma tigela com o sal, o açúcar e o fermento. Bata os ovos com a baunilha, casca de limão, a noz moscada e o leite.
2. Junte os ingredientes líquidos aos secos e forme uma massa razoavelmente mole, preparando-se para adicionar mais farinha se necessário (normalmente até completar 2 2/3 xíc., mas com o cuidado de não tornar a massa seca demais).
3. Junte a manteiga amolecida e sove por uns 10 minutos, incorporando-a bem, ou por metade do tempo na batedeira planetária com gancho.
4. Quando a massa parecer macia, suave e elástica, cubra com um pano de prato e deixe fermentar por 1h-1h15min, ou deixe fermentar na geladeira durante a noite. Coloque-a em uma assadeira para rocambole ou uma assadeira retangular de 30x20cm e pressione a massa até que ela cubra toda a superfície. Deixe fermentar por mais 15-20 minutos.
5. Pré-aqueça o forno a 205ºC. Descasque e retire o miolo das maçãs e corte-as em cubinhos pequenos.
6. Quando a massa estiver pronta, bata o ovo com o creme de leite, rale um pouco de noz moscada e pincele a superfície da massa com essa mistura. Cubra com as maçãs. Misture os dois açúcares e a pimenta da jamaica e polvilhe por sobre as maçãs. Espalhe as amêndoas, finalmente.
7. Coloque no forno por 15 minutos. Abaixe o fogo para 180ºC e asse por mais 15 minutos, até que a massa esteja inflada e dourada nas beiradas.
8. Remova do forno e faça uma pastinha mole com o açúcar e a água quente. Derrame a pasta às colheradas sobre o bolo. Deixe que esfrie por uns 15 minutos e então sirva ainda morno. Caso sobre, embrulhe bem e guarde na geladeira, reaquecendo no forno quando quiser.

Fonte: Ana Elisa

Orangen-Blechkuchen – Cuca de Laranja



Ingredientes Massa:

2 ½ xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de leite
2 colheres de chá de fermento
1 xícara de açúcar
250 g manteiga
1 pitada de sal
3 ovos
1/2 colher de chá de cascas de laranja
1 pacotinho de açúcar de baunilha

Cobertura:

350 g de files de laranja
125 g manteiga
1/2 xícara de açúcar
4 colheres de sopa de suco de laranja
150 g de laminas de amêndoa

Modo de Preparo:

• Forme uma massa homogênea com os ingredientes da massa e coloque em uma forma untada.

• Para a cobertura, deixe escorrer os filés de laranja. Caramelize levemente a manteiga e o açúcar. Acrescente o suco de laranja, as amêndoas e colheres de sopa de laranjas e deixe levantar fervura. Deixe esfriar e acrescente as laranjas restantes.

• Distribua a massa de frutas homogeneamente sobre a massa crua e leve a assar em forno pré-aquecido a 180 graus, por 25-30 minutos.

Fonte: Das Kochrezept